Posted by : Lucas Stalker quarta-feira, 30 de setembro de 2015


Saudações, em nome do rei! Novatos no mundo RPGístico podem se complicar na hora de montar suas fichas, por não conhecerem bem as regras e não entenderem os cálculos que para nós veteranos são simples. Entretanto, depois de certo tempo, com o costume e prática isso se torna tão simples como natural. Mas há um espaço na ficha que SEMPRE é complicado. Mais complicado que qualquer cálculo ou regra. O espaço para o nome.

É inevitável empacar na hora de escolher o nome do seu personagem, é onde sua criatividade deve ser maximamente testada, e não há tabela ou regra que possa escolher por você! Nessa hora deve ser usado o bom senso e a já dita criatividade – e com estas dicas que darei, você terá o melhor nome do seu grupo!

Aliás, qual era mesmo o nome do rei?

1 – Inspire-se, mas fuja do óbvio!

Iniciantes no hobby ou pessoas com pouco conhecimento no meio medieval-fantástico podem apelar para nomes icônicos como “Merlim”, “Conan” e “Bilbo”. Tudo bem, isso é comum, mas convenhamos nada original. Se você criar um personagem chamado Robin Hood, inevitavelmente seus amigos se lembrarão do herói mítico inglês e não daquele seu ranger de mira impecável e ganancioso. O óbvio não é bom para quem quer ser lembrado pelo próprio personagem e não no qual ele foi inspirado!

Não estou dizendo que não se pode homenagear um personagem querido por você, mas isso pode ser feito de maneira mais sutil e escondida. Tomando o exemplo do ranger acima inspirado em Robin Hood você poderia – depois de uma boa pesquisa – referenciar a floresta em que o herói vivia, chamada de Sherwood e unir ao apelido que ele tinha – Hood, que pode significar capuz, em inglês. Assim teríamos o valente e ganancioso Sherwood do Capuz Vermelho. Seus amigos poderiam muito bem entender a referência, mas lembrariam do seu personagem e não no qual ele foi inspirado.


2 – Exótico e fantástico

Quando você assiste a um filme como O Senhor dos Anéis ou lê quadrinhos como os do Conan, com certeza percebe o exotismo nos nomes de seus personagens. Os nomes remetem a algo antigo, de tempos imemoriais ou a mundos fantásticos, com culturas além de nossa imaginação.

Procure nomes que passem a mesma sensação exótica, fugindo do natural ao qual estamos habituados! Um cavaleiro negro chamado Bob não passa emoção alguma e apenas será motivo de risos dentre o grupo! Bem diferente de Balder ou Dimitra, não é?



3 – Procure bases em línguas diferentes

É bem verdade que um herói paladínico não pode se chamar José Bezerra, logo a inspiração na língua portuguesa está vetada! Não por antipatriotismo, mas por soar muito comum para nós. Lembra-se do item anterior? Seja exótico! E pra isso você pode buscar as mais variadas fontes, como línguas diferentes. Bases inglesas, européias e asiáticas são uma boa pedida nessa hora!

Use e abuse dos sites de busca, Wikipédia e afins! A cultura celta, por exemplo, é grande influência na fantasia medieval, logo nomes como Cedric, Aldair, Gwendoline e Meredith caem muito bem. Há também nomes russos, como Zhenya, Yurik e Shura; hebraicos, como Mateo, Yadiel e Micaela; árabes, como Aisha, Zahir e Lubna; entre tantos outros. Este site aqui ajuda muito nesse ponto, divirta-se!


4 - Características marcantes

Alguns personagens possuem no nome uma referencia a alguma característica ou evento marcante, gerando uma alcunha. Grandes exemplos disso são Thorin Escudo-de-Carvalho e Gandalf, o Cinzento.

Então, caso o seu paladino tenha vindo de uma terra distante conhecida por possuir grandes relevos nevados, pode muito bem se chamar Zakarin da Montanha Prata. Outros exemplos seriam Theof Mãos Leves para um ladino, Kevork o Búfalo para um bárbaro tribal, e Oradora Katherine para uma sacerdotisa.

Outra alternativa é transformar a menção à característica marcante para outra língua, transformando nosso Sherwood do Capuz Vermelho em Sherwood Redhood, por exemplo.

5 – Títulos de nobreza

Lorde Zalbaag, Rei Arthur ou Conde Drácula são exemplos de como um título pode melhorar um nome, logo, se seu Mestre permiti-los na mesa, é uma boa idéia de complemento! Talvez sua guerreira, Accalia Von Ludovic, possa ser chamada de Lady Accalia. Interessante, não?


6 – Cuidado com os nomes difíceis

Você pode muito bem ter gostado do nome Aethelflaed Heartonfield, mas acha mesmo que seus companheiros vão decorar esse nome? Acho que nem você consegue pronunciar direito! Hehe. Procure nomes bons e que soem bonitos ao falar, de preferência curtos ou medianos.

Caso você ainda queira um nome longo, ao menos crie uma abreviatura dele, para que seus colegas de mesa possam decorar mais facilmente, tomando como exemplo os elfos que possuem esse hábito. Assim nosso Aethelflaed Heartonfield poderia ser conhecido por Aethel.


7- Referencias, referencias, muitas referencias!

Essa é a minha dica preferida de todas: faça referencia a algo! Embora eu já tenha citado referencias e inspirações na dica 1, irei desenvolver melhor o raciocínio por aqui, okay?

Referenciar o nome de seu personagem em alguma outra coisa pode bem divertido. A referencia pode ter a haver com o personagem – Roronoa Zoro de One Piece, por exemplo, é inspirado num pirata chamado L’Ollonais (a pronuncia em japonês seria Roronaisu) – ou ser completamente sem sentido – Kakaroto, como e chamado Goku, provém de carrot, cenoura em inglês...

Entenderam? É divertido procurar bases ou homenagens no nome do seu personagem, além do que, se os companheiros entenderem bem a referencia, tudo se torna uma brincadeira incrível e fluida.

Existem vários exemplos de como criar nomes que homenageiem ou brinquem com outras palavras ou personalidades. Pode ser um halfling especializado em venenos chamado Gympie Gympie – referenciando a planta de mesmo nome, uma das mais venenosas do planeta. Ou talvez clérigo fiel e incorruptível chamado Martin Wittenberg – homenageando Martinho Lutero e o castelo onde protestou contra os erros na igreja católica.Quem sabe até uma pirata cruel e sádica chamada Hannibal “Hanna” Bonny – Hannibal é um famoso canibal de uma série de TV e Bonny é o nome da mais famosa mulher pirata. Entenderam o espírito?


8 – Invente!

Exercite sua criatividade! Você pode criar um nome assim, do nada, sem combinações, sem referências, absolutamente nada! Seja original, una sílabas para montar o nome ou a alcunha do seu personagem, preocupando-se apenas com a sonoridade. A vantagem dos nomes curtos é que há maiores chances soarem agradáveis aos ouvidos. Nomes compridos e complicados podem te fazer ficar parecendo o Harry Potter conversando com as cobras, ou um islâmico anunciando execuções.

Vou inventar alguns agora: Malen, Daor, Geron, Vaíff, Eflora, Bughenhon, Rhas-Karan, Lascrinum, Makumb, Mioji, entre tantos outros que podem sair de nossas mentes insanas. Apenas lembre-se das regras anteriores, a que diz para tomar cuidaddo com os nomes difíceis se encaixa bem aqui.


9 – Nomes raciais

Raças diferentes em geral possuem traços diferentes em seus nomes, guias ou padrões comuns que são seguidos por praticamente todos os pertencentes. Entre Élandariel e Gortak é óbvia a diferença, saberíamos, por exemplo, quem é um elfo e quem é um goblin.

Na internet existem vários geradores de nomes RPGísticos, alguns muito úteis, outros nem tanto... Mas dentre os úteis existem opções de nomes raciais, como dracônico, anão, élfico e etc. Se quiser também existem dicionários de línguas fantásticas – não tão confiáveis, mas bem úteis.


10 – Rola um dado aí!

Por fim, irei montar uma tabela com alguns nomes bem legais – outros nem tanto... – por aqui. Você pode escolher um nome da tabela ou rolar um dado e deixar o caos escolher por você. Espero que seja útil para vocês!


Autores de livros, narradores e jogadores – seja de RPGs de mesa ou eletrônicos – devem possuir grande desenvoltura e criatividade com nomes, pois este é um importante passo para criar personagens cativantes e carismáticos, aqueles que serão lembrados por toda a eternidade fantástica.

Links úteis

Farol do RPG – Dicas de nomes para o seu personagem

RPG no Paço – Nomes de personagem

Todo Papás –Nomes e suas origens

Dicionáriode Nomes Próprios

DraconicTranslator

Baú Arcano - O Melhor Gerador de Nomes

Gerador deNomes de Fantasia

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Crítico 6 - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -